Confira agora: Checklist de documentos para declaração de IR 2021

Ie 2021 Notícias E Artigos Contábeis Em Santos | Portal Contabilidade - PORTAL CONTABILIDADE

Compartilhe nas redes!

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Chegou a hora de fazer mais uma Declaração Anual de Imposto de Renda. E para tornar esse processo mais simples, a Portal Contabilidade lista todos os documentos necessários! 

Veja tudo que você precisa, providencie o quanto antes e vá marcando aqui cada documento que já tem em mãos.

Rendimentos

  • Declaração de IR com recibo do ano anterior. Caso não tenha declarado no ano anterior será necessário o número do título de eleitor para realizar a declaração.
  • Informe de rendimento das instituições financeiras (bancos). É fornecido anualmente pelas instituições. Mas, caso necessário, você pode solicitar junto ao seu banco.
  • Rendimentos recebidos do exterior de pessoas físicas ou jurídicas.
  • Recibos de aluguéis ou informe de rendimento emitido pela administradora / imobiliária.
  • Informe de rendimentos das fontes pagadoras: salário, aposentadoria, lucros, ajuda de custo (fornecido por pessoas jurídicas, inclusive INSS). As instituições têm a obrigatoriedade de fornecer, até de cada ano, o informe de rendimentos. Nele devem constar o salário bruto, o fevereiro imposto retido na fonte e contribuições à Previdência Social.
  • Notas fiscais emitidas no ano, para profissionais PJ e empresários. Os valores declarados no IR devem corresponder com o declarado na DEFIS.
  • Extrato de previdência privada, enviado exclusivamente para o IRPF.
  •  Informe de rendimentos de aplicações financeiras / investimento / ações.
  •  Recibos relativos ao recebimento de pensão alimentícia (acordo judicial), com CPF da fonte pagadora.
  •  Informações e documentos de outras rendas obtidas no ano da declaração como: comprovantes de recebimento de herança, ações judiciais / trabalhistas, resgate do FGTS (inclusive os resgates das contas inativas), seguro desemprego, entre outros.

Pagamentos e Deduções

  • Comprovantes de despesa com educação (carnês ou boletos) de escolas, cursos técnicos, universidades e pós-graduação, com CNPJ da empresa emissora. Cursos de idioma, livros, materiais escolares, despesas com trabalhos e pesquisas não são dedutíveis.
  • Comprovantes de doações: Para dedução de imposto, são válidas somente doações para incentivos fiscais como, por exemplo, Fundo dos Direitos da Criança e do Adolescente, Lei Rouanet, entre outros.
  • Informe de pagamentos de financiamentos e empréstimos.
  • Recibos de pagamento de processos judiciais.
  • Comprovantes de despesas médicas não conveniadas, tais como: consultas médicas, dentistas, hospitais, fisioterapia e quaisquer outros similares (inclusive de dependentes).
  • Recibo de planos de saúde: Gastos com a saúde são deduzidos do IR, sem limite (inclusive de dependentes).
  • Comprovantes de pagamento do carnê leão (para autônomos).
  • Comprovantes de pagamentos a empregados domésticos. É necessário que os recibos (guia paga à Previdência Social) contenham nome, CPF e número de inscrição do trabalhador (NIT).

Bens imóveis / móveis adquiridos, vendidos ou transferidos

  • Bens e direitos. Por exemplo: imóveis, veículos, aeronaves, embarcações, terrenos, etc. Cópia da escritura pública, contrato particular de compra e venda ou registro de imóveis atualizado, cópia de documento de transferência.
  • Documentos de aquisição de veículos e imóveis. O valor da declaração deve ser ter como referência custo de aquisição e não o valor atual de mercado.

Dependentes

É preciso apresentar os mesmos documentos listados para cada um dos dependentes. E ainda: nome completo e CPF (obrigatório para dependentes com mais de 08 anos).

Documentos Diversos

  • Número do CPF do cônjuge (se casado ou em união estável).
  • Número do título de eleitor.
  • Dados bancários, caso tenha imposto a restituir ou a pagar em débito automático, informar dados bancários.
  • Comprovante de endereço atualizado. Informar caso tenha mudado de endereço durante o ano anterior.
  • Cópia do Renavam dos veículos em seu nome.
  • Cópia do IPTU/NIRF de imóveis em seu nome.

Profissional autônomo que obteve receitas de serviços prestados na pessoa física

Além dos documentos relacionados anteriormente, para fins de dedução de imposto sobre a renda, serão necessárias as despesas no exercício da atividade profissional que tiram no ano de vigência, sendo elas:

  • Despesas com aluguel de consultório ou sala e/ou escritório.
  • Despesas de salários e impostos de funcionários ou auxiliares registrados em nome de pessoa física.
  • Despesas com materiais de limpeza (consultório ou escritório).
  • Despesas com manutenção de equipamentos ou acessórios relacionados à atividade.
  • Despesas de consumo da sala ou escritório. Água, luz, condomínio, telefone e celular.
  • Despesas com roupas especiais/profissionais.
  • Despesas com materiais de escritório e papelaria.

Fique por dentro de tudo e não perca nada!

Preencha seu e-mail e receba na integra os próximos posts e conteúdos!

Compartilhe nas redes:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Posts Relacionados

N 46627 9306c246453aa856c788698f5f3b8954 - PORTAL CONTABILIDADE

CNPJ: Ferramenta simplifica fornecimento de dados

Uma solução tecnológica para simplificar o processo de fornecimento dos dados armazenados na base de dados do Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica (CNPJ). Esse é o b-CNPJ, ferramenta desenvolvida pela Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência (Dataprev) em conjunto

Precisa de uma contabilidade que entende do seu negócio ?

Encontrou! clique no botão abaixo e fale conosco!

Recomendado só para você
A pandemia do novo coronavírus deixou os consumidores mais atentos…
Cresta Posts Box by CP
Back To Top
Open chat